Portal do Governo Brasileiro

Central de Mídia do Ministério da Educação

Brasil, Coreia do Sul, Holanda e Rússia assinam carta de apoio ao ensino profissional

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
1260
Criado em 14 de Agosto de 2015
Brasil, Coreia do Sul, Holanda e Rússia assinam carta de apoio ao ensino profissional
Descrição

 

Aumentar o número de jovens empregados e melhorar a produtividade industrial no Brasil, Coreia do Sul, Holanda e Rússia. Este é o motivo pelo qual o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, e os ministros de estado destes países se reuniram nesta sexta-feira, dia 14.

Além de discutirem os temas educação, ciência e tecnologia, houve a assinatura pelos participantes da mesa de uma carta aberta às nações para incluir o ensino técnico na agenda global de educação. 

Na carta, oito objetivos são citados para a que a educação profissional passe a ocupar a esteira das políticas e estratégias para o desenvolvimento socioeconômico. 

As principais propostas são: aumentar a articulação entre governo, setor produtivo, família e mídia para promover e valorizar a educação profissional e também ofertar cursos que integrem teoria e prática, com foco nas competências profissionais de acordo com as demandas. 

Fazem parte das propostas ainda desenvolver e fortalecer programas aos adultos e trabalhadores já qualificados; incentivar e promover a mobilidade estudantil em intercâmbios e participação em competições de capacidade técnica.

O painel teve na plateia a presença de mais de 20 ministros e vice-ministros de Estado de diversos países, secretários estaduais e reitores dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. O encontro fez parte do programa de conferências da WorldSkills 2015.

O ministro Renato Janine Ribeiro fez um balanço do evento e citou os avanços no sistema de educação profissional brasileiro.

Ele citou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que entre 2011 e 2014, ofertou mais de 8,1 milhões de matrículas. Jovens e trabalhadores de mais de 4300 municípios brasileiros já foram capacitados, o que representa 77% das cidades.

Segundo o ministro, o Pronatec tem como meta oferecer mais 12 milhões de vagas por meio do Plano Nacional de Educação (PNE) até o ano de 2018. 

 

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios. 

13/08/2015 – Sonora: Karenina Moss

 

Categoria: Boletim
Download: Veja todos os tamanhos disponíveis

Áudios

relacionados

Voltar ao topo

Categorias

Palavras

populares

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal