Portal do Governo Brasileiro

Central de Mídia do Ministério da Educação

Confintea Brasil +6 vai propiciar que a política de educação para jovens e adultos seja aperfeiçoada no país

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
1473
Criado em 11 de Fevereiro de 2016
Confintea Brasil +6 vai propiciar que a política de educação para jovens e adultos seja aperfeiçoada no país
Descrição

A Conferência Internacional de Educação de Adultos (Confintea Brasil +6), confirmada para o mês de abril, em Brasília, será a oportunidade para que o Brasil discuta as políticas de educação de jovens e adultos em curso no país. O evento é uma sequência do debate realizado em 2009, no Pará, e reúne representantes de instituições e órgãos diretamente ligados à temática. Entre os desafios desta edição está a articulação federativa com estados e municípios – os grandes responsáveis pela execução das diretrizes indicadas pelo Ministério da Educação. Para o secretário de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do MEC, Paulo Gabriel Nacif, esse é um dos eixos fundamentais para que o programa alcance números mais positivos. 

“Temos 58 milhões de brasileiros com mais de 18 anos sem o ensino fundamental. Exatamente por isso debater a educação de jovens e adultos, por meio de uma conferência como essa, é uma oportunidade de rediscutir toda nossa política e colocar esses desafios no patamar que eles merecem ter na agenda nacional.”

Segundo o secretário Paulo Nacif, o MEC vem reunindo esforços para que a educação de jovens e adultos esteja vinculada ao ensino profissional, conforme meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação (PNE).

“Vinte e cinco por cento das vagas oferecidas na educação de jovens e adultos devem ter um vínculo direto com a educação profissional. Esse é o nosso foco e é isso que será o grande estímulo para que as pessoas voltem à sala de aula.”

O secretário Paulo Nacif citou a Bahia como um dos exemplos mais exitosos nesse processo. Segundo ele, há dez anos, o estado baiano tinha 25% de analfabetos, e mediante os esforços concentrados na educação para jovens e adultos, reduziu esse índice pela metade. Nacif acredita que a educação ao longo da vida, um dos motes da Confintea Brasil +6 deste ano, inclui o direito à educação básica para aqueles que não a tiveram na idade própria e abrange a educação para saúde, para economia, para o desenvolvimento local, valorizando, assim, os espaços de estímulo à aprendizagem, sejam eles formais ou não. 

A abertura da Confintea Brasil + 6 será no dia 25 de abril, a partir das dez da manhã, em Brasília. Para saber mais, acesse http://confinteabrasilmais6.mec.gov.br

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios

11/02/2016 - Sonora: Marina Fauth 

 

Categoria: Boletim
Download: Veja todos os tamanhos disponíveis

Áudios

relacionados

Voltar ao topo

Categorias

Palavras

populares

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal