Portal do Governo Brasileiro

Central de Mídia do Ministério da Educação

Especialistas se reúnem para debater a segunda versão da Base Nacional Comum

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
870
Criado em 30 de Março de 2016
Especialistas se reúnem para debater a segunda versão da Base Nacional Comum
Descrição

Nos dias 29,30 e 31 de março se reúnem, na sede do Ministério da Educação, os assessores e especialistas responsáveis pela primeira versão da Base Nacional Comum Curricular e que estão trabalhando na construção do segundo texto. Na etapa inicial, esse documento, que leva em conta desde a educação infantil até o final do ensino médio, foi disponibilizado para consulta pública até o último dia 15 e, agora, está sendo revisado com as mais de 12 milhões de contribuições recebidas. A previsão é de que ainda no mês de abril a segunda versão seja apresentada.

Nesta quarta-feira, 30, o debate aconteceu em torno do ensino médio e contou com o posicionamento do Conselho Nacional de Secretários de Educação sobre a Base para esta etapa da educação básica. A coordenadora do grupo de assessores e especialistas da Base, Hilda Micarello fala do objetivo para este dia do evento.

“É discutir com esse grupo o encaminhamento para o ensino médio que o MEC vai dar à 2ª versão da Base a partir dos processos de entendimento travados com o Consed com relação a esse tema. Então, o Consed fez uma proposta inicial pra esse documento da Base. A SEB (Secretaria de Educação Básica) em diálogo com o Consed chegou a um formato que esse documento deverá ter, e na reunião de hoje nós estamos discutindo com o grupo responsável pela elaboração da proposta esse formato.”

A coordenadora afirma que o processo de construção da Base ainda tem um longo caminho a ser percorrido e que novas discussões ainda serão feitas a partir da segunda versão do documento.

“Agora a condução dos debates ficará por conta dos estados.  A proposta vai ser entregue aos estados e eles vão conduzir a discussão delas do modo como acharem que é mais produtivo. O MEC receberá o produto desses 27 processos de discussão. 9’05’’- além disso, nós continuaremos a discutir com aquele grupo de leitores críticos que se manifestaram com relação a primeira versão.”

A Base Nacional Comum Curricular deverá   orientar o que todos os estudantes brasileiros devem aprender em todas as etapas da educação Básica, mas deixa espaço para que estados, municípios e escolas definam os seus currículos. A intensão é diminuir as desigualdades educacionais e melhorar a qualidade da educação no país.

Conheça e acompanhe a essa importante construção em http://basenacionalcomum.mec.gov.br

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios.

30/03/2016 – Sonora: Josiane Canterle

 

Categoria: Boletim
Download: Veja todos os tamanhos disponíveis

Áudios

relacionados

Voltar ao topo

Categorias

Palavras

populares

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal