Portal do Governo Brasileiro

Central de Mídia do Ministério da Educação

MEC empossa nova secretária da Secadi e garante andamento de políticas inclusivas

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
2250
Criado em 08 de Junho de 2016
MEC empossa nova secretária da Secadi e garante andamento de políticas inclusivas
Descrição

A servidora Ivana de Siqueira foi a escolhida para comandar a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do Ministério da Educação (MEC). A assinatura do termo de posse ocorreu nesta quarta-feira, 08, na sede do Ministério da Educação (MEC), em Brasília. Graduada em psicologia, com mestrado em educação, Ivana retorna à pasta depois de um período cedida à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. No MEC, além de trabalhar com educação especial por nove anos, atuou em conselhos e organizações civis, participando das discussões para a elaboração do Plano Nacional de Educação (PNE). 

Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, a trajetória da nova secretária fortalece o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secadi, possibilitando a continuidade de ações inclusivas e de políticas que envolvem a educação para a diversidade.

“Indiscutivelmente, uma pessoa engajada historicamente com as causas das políticas sociais e que, por certo, com a equipe que está montando, terá uma responsabilidade muito grande no cumprimento da sua missão grandiosa de nos ajudar, aqui no MEC, em políticas públicas extremamente relevantes, promovendo a diversidade.” 

Para Ivana, a agenda da Secadi dá visibilidade aos sujeitos que ainda têm muitos de seus direitos violados, como os negros, os indígenas, as pessoas com deficiência, os que vivem em situação de vulnerabilidade social. Ainda nesta pasta estão incluídas as questões de gênero, de diversidade sexual e o combate à violência no ambiente escolar. 

“É uma área muito estratégica dentro do Governo Federal porque é a área que promove a inclusão dos vários segmentos que tiveram aí, ao longo da história, excluídos de políticas públicas. E a gente entende que a educação é o locus aonde promove maior inclusão no país. É fazer com que as pessoas entendam que a nossa sociedade é plural. E que essas pessoas fazem parte da sociedade.”

Ainda nesta quarta-feira também foram apresentados coordenadores e diretores que assumem a pasta. São eles: Patrícia Neves Raposo, diretora de Políticas de Educação Especial; Rivaldo Alves Casado Filho, diretor de Políticas de Educação para a Juventude; Bruno Alves de Jesus, coordenador-geral de Acompanhamento e Avaliação das Políticas de Inclusão Educacional para a Juventude, da Diretoria de Políticas de Educação para a Juventude, e Raquel Nascimento Dias, coordenadora-geral de Educação para as Relações Étnico-Raciais da Diretoria de Políticas de Educação do Campo, Indígena e para as Relações Étnico-Raciais.

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios.

08/06/2016 – Sonora: Karenina Moss

Categoria: Boletim
Download: Veja todos os tamanhos disponíveis

Áudios

relacionados

Voltar ao topo

Categorias

Palavras

populares

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal