Portal do Governo Brasileiro

Central de Mídia do Ministério da Educação

MEC realiza evento preparatório para conferência nacional que vai discutir educação escolar indígena

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
648
Criado em 13 de Setembro de 2016
MEC realiza evento preparatório para conferência nacional que vai discutir educação escolar indígena
Descrição

O Ministério da Educação promove um seminário preparatório para a 2ª Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena (2ª Coneei) marcado para novembro de 2017. O evento termina nesta quarta-feira (14), em Brasília. Participam representantes de secretarias municipais e estaduais de educação, organizações indígenas e indigenistas, a Fundação Nacional do Índio (Funai) e conselhos de educação e de universidades. Todos acompanham os debates em torno de temas que serão tratados com profundidade na próxima edição do evento. A intenção do MEC e parceiros é de avançar em uma educação escolar indígena de qualidade, específica e diferenciada. 

Durante a abertura do seminário, a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), Ivana de Siqueira, fez um apanhado das conquistas recentes dos povos indígenas, sem deixar de apontar os desafios ainda existentes. 

“Ainda temos muitos desafios, principalmente com a construção de escolas indígenas. Outro desafio grande é a extensão da educação nos anos finais do ensino fundamental e principalmente no ensino médio. É fazer com que tenhamos, primeiro, professores nessas áreas, né. Concursos para professores nessas áreas e podermos oferecer os anos finais da educação fundamental e o ensino médio também.” 

A demanda foi confirmada pelo professor indígena, João Kaba Munduruku – nome de sua origem. Ele é de Jacareacanga, município do Pará. De acordo com João Kaba, houve mudanças na região e foram criadas escolas nas aldeias. No entanto, ele acredita que ainda é preciso investir na formação de professores locais, na implantação de escolas também de ensino médio e em livros didáticos que representem a cultura indígena. 

“Os desafios que a gente encontra mais é, o livro didático, né. Livros específicos nas escolas indígenas, o que dificulta muito a aprendizagem dos alunos. A gente tem professores indígenas, mas só que ainda falta, principalmente, do 6º ano em diante, porque a gente ainda não tem demanda pra trabalhar nessas áreas especificas. Porque o ensino médio pra chegar nas nossas aldeias é muito difícil. Então, acho que essas conferências assim vai fortalecer muito.” 

De acordo com dados do Censo Escolar 2015, existem no Brasil 3.085 escolas indígenas, presentes em todos os estados da federação, sendo que 63% delas estão na região norte do país. Além do português, falam-se 161 línguas indígenas. 

A 2ª Coneei terá como tema: O Sistema Nacional de Educação e a Educação Escolar Indígena: regime de colaboração, participação e autonomia dos povos indígenas – e será realizada em três etapas: conferências nas comunidades educativas, conferências regionais e a etapa nacional no próximo ano. 

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios.

13/09/2016 – Sonora: Marina Fauth

Categoria: Boletim
Download: Veja todos os tamanhos disponíveis

Áudios

relacionados

Voltar ao topo

Categorias

Palavras

populares

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal