Portal do Governo Brasileiro

Central de Mídia do Ministério da Educação

ENEM: resultado por escola do exame de 2015 expõe a urgência de reforma do ensino médio brasileiro

You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
293
Criado em 04 de Outubro de 2016
ENEM: resultado por escola do exame de 2015 expõe a urgência de reforma do ensino médio brasileiro
Descrição

O Ministério da Educação apresentou o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio 2015 por Escola, que reúne as notas dos concluintes do ensino médio de quase 15 mil escolas públicas e privadas de todo o país. Foram considerados efetivamente como participantes os candidatos que obtiveram nota que não tenha sido zero em todas as provas objetivas e que não tenham sido eliminados na redação. Do total de 7,7 milhões de alunos que fizeram o Enem, apenas 1,3 milhão estava matriculado no ensino médio. Os dados, de acordo com a presidente do Inep, Maria Inês Fini, revelam a necessidade de reforma do ensino médio.

“Eu acho que esses resultados apontam para esta urgência da reforma do ensino médio. Quer dizer, nós temos um contingente enorme de alunos que estão aprendendo muito pouco. Eles estão aprendendo por um currículo organizado de maneira muito conservadora, muito tradicionalista, e que precisa ser reformulado.”

Ao contextualizar os resultados, a secretária executiva do MEC, Maria Helena de Castro, comentou os seguintes fatores: nível socioeconômico dos alunos; porte da escola;formação docente e indicador de permanência do aluno na escola. Quanto ao primeiro aspecto, calculado a partir da escolaridade dos pais, da posse de bens e contratação de serviços pela família dos alunos, ela chama atenção para a desigualdade dos números revelados.  

“Do grupo de nível socioeconômico muito alto para o grupo médio há uma diferença de mais de cem pontos na média. É um absurdo. Por que nossos jovens que estão na escola pública não se inscrevem? Eles se auto excluem do sistema. Essa é a enorme desigualdade  do sistema e é uma resposta a essa desigualdade que a nossa proposta de reforma de ensino médio pretende enfrentar.”

O levantamento também mostra que 27% das escolas têm menos da metade dos professores com licenciatura na disciplina que ensinam aos alunos - um dos fatores associados ao baixo rendimento dos estudantes. Além disso, o desempenho dos alunos subiu em Ciências Humanas, mas caiu em Matemática, Linguagens e Ciências da Natureza. 

Para conferir os resultados na íntegra, acesse mec.gov.br

O áudio está disponível gratuitamente para utilização das rádios.

04/10/2016 – Sonora: Josiane Canterle 

Categoria: Boletim
Download: Veja todos os tamanhos disponíveis

Áudios

relacionados

Voltar ao topo

Categorias

Palavras

populares

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal